Gosto de brincar com fogo em brasas quentes

Gosto de fazer o que não devo

Escandalizar o teu bom censo

 

Este mundo não me pertence

Eu não quero mais brincar

Jogar o jogo do contente

 

Só quero me lançar num universo que nem sei

Sair, fugir

Que ninguém saiba que estive aqui                           

Cansei desta brincadeira

Te ponho pra fora pra sempre

Me ponho pra fora de mim

 

 J  U  L  L  Y